18 julho 2011

Harry Potter: cristão alerta sobre perigos da saga


Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte II, o último filme da série chegou aos cinemas esta sexta-feira (15). Após 10 anos, a trama continua a carregar milhares de admiradores adolescentes. Somente a sessão de pré-estreia nos EUA, na quinta-feira (14) à noite, arrecadou U$ 43,5 milhões. Junto com o sucesso, a saga continua a oferecer ao público alguns perigos, com conteúdo sobre ocultismo, bruxaria e falsa religião, alerta o estudioso Dr. Ted Baehr, presidente da Comissão Cristã de Filme e Televisão, nos EUA.

"O capítulo final para as histórias de Harry Potter, como os livros, contém alguns elementos alegóricos evidentes aos cristãos. Mas a versão do filme altera ligeiramente o confronto final entre o herói e o vilão para torná-lo ainda mais parecido com um espetacular confronto entre dois mágicos feiticeiros” Baehr disse.
Harry Potter1

Baehr, teólogo e estudioso da Bíblia, destacou que Deus condena veementemente a bruxaria e a feitiçaria em Deuteronômio 18:10-13.Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o SENHOR teu Deus.


Além do mais, acrescenta Baehr, o povo de Deus não fala ou consulta os mortos, e é exatamente o que acontece no final do filme Harry Potter.

Um outro problema do filme, Baehr diz, é uma linha de diálogo sugerindo que as pessoas merecedoras serão recompensadas. "Isso vai contra os ensinamentos cristãos. A Bíblia diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Rm 3:23); e que Jesus Cristo morreu por nossos pecados, sendo nós ainda pecadores (Rm 5:8)", Baehr diz."Essa linha de diálogo pode parecer para algumas pessoas como uma coisa menor ou um ponto de discussão teológica, mas 50 anos de pesquisa mostra que as pessoas, especialmente crianças e adolescentes impressionáveis, são influenciadas pelo que vêem nos filmes e na televisão”.Baehr disse ainda que todo cristão, especialmente pais, professores, religiosos e líderes nos meios de comunicação de massa tem o dever de guardar os corações e mentes das crianças e adolescentes de falsas idéias e do mal que pode levar à destruição do comportamento. Questões teológicas são tão importantes quanto as morais e as filosóficas.Presidente da Comissão Cristã de Filme e Televisão aconselhou os pais, avós, professores e líderes religiosos para alertar crianças e adolescentes sobre os perigos de ver filmes e programas de televisão como o Harry Potter. Tutores devem ensinar as crianças a escolher o bem e a rejeitar o mal. Em vez desses, Baehr recomenda filmes como Crônicas de Nárnia, que possuiu mensagem bíblica.


Fonte: Charisma News/
Via: Vivendo em Plenitude

2 comentários :

  1. "As pessoas merecedoras serão recompensadas" - então isso vai contra os ensinamentos cristãos? Realmente, conheço pessoas honestas, bondosas, esforçadas, capazes de fazer pequenos sacrifícios diários e infelizmente, nem todas são reconhecidas e recompensadas pelo esforço que fazem em melhorar a vida de seus semelhantes. Mas acredito sinceramente que são sim merecedoras e lamento que o cristianismo não enxergue mérito na conduta de pessoas que se esforçam para dar uma vida melhor aqueles que amam e até os que não amam.

    E quanto a trocar Harry Potter pro Crônicas de Nárnia, qual a diferença? Há o memso conteúdo mágico e as mesmas referências mitológicas. Ou será que pelo fato de Lewis ser cristão a qualidade da história melhora?

    ResponderExcluir

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos;


OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.